Como funciona um fluxo de uma jornada no Journey Builder?

Vamos ver um exemplo de jornada? Olhe a imagem abaixo:

Nesta captura de tela, o fluxo começa com o envio de SMS. A partir desse step, há três opções de derivação. Se o usuário responder algo que o sistema entenda como afirmativo, o fluxo vai até o step de SMS intitulado “CEP”, que pergunta o CEP da pessoa.

Caso o sistema entender uma resposta negativa, o fluxo vai até o step “Negativa”.

Se o cliente responder com “e-mail”, vai para o bloco que faz o envio de e-mail, que é todo personalizado pelo usuário do Journey Builder.

E, finalmente, caso a resposta seja qualquer coisa que o sistema não entenda, o fluxo vai para o step de escape que, neste exemplo, é de HSM.

Após a pessoa enviar uma mensagem informando o CEP (no step de SMS intitulado "CEP”), o fluxo vai até o bloco de API. Esse step serve, por exemplo, para buscar o CEP fornecido e retornar o endereço relacionado a ele, que é informado ao usuário pelo próximo step de SMS.

Basicamente…

Você adiciona os steps ao fluxo, cria os retornos que você espera para cada step e conecta o que o sistema deve executar quando receber tal retorno. Com isso, pode-se criar um fluxo com vários steps, sendo que cada um pode ser uma mídia diferente.